Alexandre Berner: cor e paisagens

O geólogo Alexandre Berner, de Petrópolis, começou a se interessar por fotografia durante a sua graduação. Desde então, vem usando as câmeras para aprimorar a sua sensibilidade e mostrar como interpreta a paisagem natural, além de almejar proporcionar um melhor convívio das pessoas com o planeta. Eu já havia citado o seu trabalho ao falar sobre a série de fotografias do Rio Xingu, mas desde então seu portfólio cresceu, em quantidade e qualidade.

Berner é especialista em  paisagens, como mostra em fotografias exuberantes de sua terra natal. Seu gosto pelo montanhismo também fica evidente nas imagens de serras e trilhas, cujo diferencial é a exploração das cores, aliada à excelência técnica. Tal ênfase atinge seu ápice nas fotos do meio-oeste americano, em que ele não hesita em explorar as sombras para mostrar os detalhes da paisagem.

No entanto, a fotografia de Berner não se limita aos ambientes naturais. Um dos seus trabalhos mais expressivos é a série Reflorestamento em Manaus, em que ele usa os grafites com temas da natureza em meio ao cinza da cidade, criando um contraste irônico e pungente.

Seguem alguns exemplos das suas fotografias, junto com o convite para a visita do seu portfólio completo: Alexandre Berner no Photo.net.

Um comentário sobre “Alexandre Berner: cor e paisagens

  1. Rodrigo, muito obrigado pelo espaço! Estou surpreso com o cometário do João já que sempre me achei péssimo para retratos. Vou prestar mais atenção nesse tema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *