Guia para fotografia sem fotômetro

Nos dias de hoje, é incomum fotografar sem utilizar um fotômetro. Isso porque praticamente todas as câmeras têm um medidor de luz embutido. Mesmo aquelas sem possibilidade de controlar os ajustes de velocidade e abertura baseiam seu desempenho automático na medição das condições de luz em que a foto é feita.

Entretanto, há muitas pessoas — como eu — que utilizam câmeras mais antigas, sem fotômetro acoplado, ou mesmo mais modernas, como modelos de médio formato, que não contam com esse recurso. O problema pode ser resolvido de duas formas: usando um fotômetro de mão ou calculando a exposição de acordo com as condições de luz.

Identificar a exposição correta de uma cena é relativamente simples; muitos fotógrafos experientes já sabem de cor as combinações de abertura e velocidade adequadas para cada tipo de cena. É algo que vai se decorando conforme o uso. A forma “intuitiva” de expor é facilitada quando se usa negativo, tolerante a erros de exposição. No entanto, aqueles que ainda não têm todo esse conhecimento podem precisar de uma referência.

Pensando nisso, compilei algumas informações de sites da internet com outras coisas que eu já sabia e criei um pequeno guia para se fotografar sem o auxílio de um fotômetro. Ele consiste basicamente de duas tabelas: uma em que se verifica o valor de exposição (EV) de cada condição de luz e outra na qual se transforma esse EV em uma relação de abertura e velocidade na câmera.

O arquivo está em formato PDF e deve ser impresso numa folha A4, frente e verso, e posteriormente dobrada para facilitar o transporte. Para baixar o guia, basta clicar aqui.

17 comentários sobre “Guia para fotografia sem fotômetro

  1. Caro Rodrigo, só agora tive contato com o teu texto. Recentemente optei por comprar 2 lentes antigas para usar em minha câmera. Defrontei-me com a questão da medição da luz que não está disponível em minha câmera usando essa lentes antigas. Tenho de avaliar ou usar fotômetro externo. Empolgado saí para testar e surpreendentemente me sai bem. Diante disso fui em busca de mais informação, onde encontrei teu artigo como referência. Baixei o arquivo gentilmente disponibilizado por ti. Tem-me sido extremamente útil. Parabéns e obrigado.

  2. vai ser super útil pra mim.
    grata! ^^

    minha analógica está sem fotômetro funcionando e não consertam mais as câmeras analógicas por falta de peças… enfim..

    grata

  3. Parabéns pela iniciativa.Agradeço profundamente por compartilhar esse conhecimento com todos aqueles que tem interesse em aprender cada vez mais sobre fotografia.

  4. Olá! Que prazer encontrar esse artigo e essa tabela! Ganhei uma câmera Rollei Magic e tenho uma outra Rollei que pretendo ressuscitar, essa ultima sem fotômetro. Vou imprimir a tabela e experimentar. Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *