O Pequeno (e não muito sério) Dicionário dos Termos Fotográficos

Flash: acessório utilizado para obter efeitos artísticos indígenas, como cara-pálida e olho-vermelho
Câmera digital: câmera de vídeo que só grava quadro a quadro
Câmera digital compacta: dispositivo que desencadeou o fenômeno da auto-foto-com-braço-esticado-pra-colocar-no-Orkut, muito difundido entre adolescentes
Câmera de filme: objeto encontrado em museus e antiquários, juntamente com discos de vinil, videocassetes, fogões a lenha e CDs de lambada.
Queimar o filme: fenômeno que provocava a perda de fotos, hoje substituído pelo mais moderno apaguei-a-foto-sem-querer ou o fatídico o-cartão-de-memória-deu-pau
ASA: termo correspondente a ISO que permite determinar a idade de quem o utiliza, geralmente situada em torno dos 80 anos
Teleobjetiva: lente própria para fotografar pessoas em situações delicadas, como mendigos ou mulheres de biquíni
Supertele: lente para quem quer fotografar de tudo sem sair do sofá de casa
Grande angular: lente própria para fazer todo mundo caber no retrato, também conhecida como “junta mais”
Photoshop: ferramenta que teve o maior impacto na beleza feminina desde a invenção do rímel
Redução de vibração: função que possibilita a operação da máquina pelo fotógrafo alcoolizado
Obturador: espécie de bomba-relógio inserida nas câmeras reflex digitais para obrigá-lo a trocar de equipamento a cada dois anos
RAW: pela forma como às vezes é pronunciado, provavelmente é uma típica saudação dos índios americanos
Velocidade do obturador: corresponde ao tempo necessário para que a pessoa fotografada pisque o olho
LCD: dispositivo magnético com efeito em seres humanos, atraindo todos os retratados para a parte de trás da câmera após a foto ser feita
Nikon: marca que produz equipamentos com a tecnologia revolucionária de 30 anos atrás
Canon: marca que produz equipamentos com tecnologia revolucionária, e que duram em média três semanas
Olympus: marca cujas câmeras boas são como disco voador: há quem ache que existe, outros que não existe, e quem diz que já viu é louco
Megapixel: constante matemática cuja característica é que não importa o quanto sua câmera tenha, nunca será o suficiente
Negativo: termo já utilizado para designar o rolo de filme processado. Hoje se refere apenas ao saldo bancário do amante da fotografia

Um comentário sobre “O Pequeno (e não muito sério) Dicionário dos Termos Fotográficos

  1. Hehehehheheheh!!! Muuuito bom, Rodrigo! Morri de rir por aqui, especialmente com o RAW e o ASA!
    E na internet li recentemente que um rapaz tinha filmado o terremoto ocorrido em São Paulo porém sua câmera tinha sistema anti-vibração, rsrsrs… Como se vê, nem sempre a tecnologia ajuda! :o)
    Parabéns pelo texto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *