Profundidade de Campo

Definição

A profundidade de campo (PDC) é a área à frente e atrás do plano focal de uma imagem que conserva ainda uma nitidez aceitável (1). Ou, como gosto mais de pensar, é a “fatia” da imagem que sairá no foco, geralmente paralela ao plano da lente. Quando se tem uma pequena PDC, o que está próximo ao plano focal permanece nítido, enquanto o resto da imagem é desfocada.

Este esquema do site da Canon dá uma boa idéia do que se trata:

f: lente da câmera
image plane: plano do filme ou sensor, onde a imagem é formada
l: distância até o assunto
d1: profundidade de campo posterior (parte da imagem atrás do assunto que permanece no foco)
d2: profundidade de campo anterior (parte da imagem à frente do assunto que já se encontra no foco)

Aspectos técnicos

A profundidade de campo pode variar de alguns milímetros a muitos metros, sendo que profundidade de campo posterior (além do ponto de foco) pode se estender até quase o infinito. Em fotografia, a PDC varia de acordo com quatro variáveis: a distância focal da lente, a abertura do diafragma, o tamanho dos círculos de confusão (fixos para cada formato de filme ou sensor) e a distância entre a câmera e o objeto.

Relações entre a PDC e as variáveis (embora na realidade a coisa seja um pouco mais complexa, na prática geralmente é o que ocorre):
Quanto maior a distância focal da lente, menor a profundidade de campo (esta página(2) aponta, no entanto, que se o tamanho do objeto no quadro for constante, a partir da variação da distância, diferentes lentes tem a mesma PDC)
Quanto maior a abertura do diafragma, menor a profundidade de campo
Quanto maior o filme ou sensor, menor a profundidade de campo
Quanto maior a distância entre o objeto e a câmera, maior a profundidade de campo

Neste site(3) há uma calculadora de PDC. Insira as variáveis acima e terá a largura da “fatia” nítida, entre outras informações.

PDC na linguagem fotográfica

Contudo, conhecer os aspectos técnicos da PDC é necessário apenas para esquecê-los em seguida. Para mim, o mais relevante é o significado desse conceito na linguagem da fotografia. Nesse sentido, a PDC se aplica em dois pontos: na constituição da imagem e no seu corte.

Constitucionalmente, a imagem fotográfica é plana, bidimensional e a profundidade de campo define a forma como a transposição dos objetos tridimensionais para a superfície bidimensional ocorre (4). Aliada à perspectiva, a PDC cria nesse suporte a noção de como os elementos estão dispostos, funciona como uma tridimensionalidade artificial. Esse sentido ordenador da PDC pode ser utilizado ou desprezado, de acordo com aquilo que o fotógrafo pretende. Na foto que usei para ilustrar este texto, tanto a PDC como a perspectiva organizam a imagem.

Toda imagem fotógrafica tem um corte espacial e temporal. O enquadramento, seja ele como for, é sempre um recorte abrupto, duro, agressivo, que isola o assunto de seu contexto, ou um contexto de outro ainda mais amplo(5). A realidade fica restrita a uma moldura de proporções predefinidas. Já a PDC, ao desfocar parte da imagem, corta de forma suave, sem excluir: apenas dá mais ou menos relevância a certo aspecto. Um fundo pode-se tornar um padrão difuso, um primeiro plano pode ser tornado não identificável. O jogo ótico da PDC é mais sutil e flexível. Daí, mais uma opção para o fotógrafo criar sua interpretação de determinada cena.

Jogar com a PDC em diversas situações é uma das maneiras mais interessantes de exercitar a composição. Sendo resultado de um fenômeno óptico, é um dos elementos particulares à fotografia, que freqüentemente é tentada a copiar conceitos da pintura. A PDC é um dos aspectos técnicos que mais podem servir à criatividade do fotógrafo e produzir resultados que se afastem do lugar-comum (hoje, mais comum do que nunca).

P.S.: Embora esteja relacionado a filmadoras, achei esse link(6) muito interessante. Explica como construir um aparato para projetar imagens de 35mm em filmadoras compactas, reduzindo a PDC e possibilitando criar filmes mais parecidos com os de cinema, que, por usarem filmes 35mm, tem menor PDC.

Referências
1. Wikipedia. (2006). Depth of Field. http://en.wikipedia.org/wiki/Depth_of_field
2. Reichmann, M. (2006). Do wide angle lenses really have greater depth of field than telephotos? http://www.luminous-landscape.com/tutorials/dof2.shtml
3. Fleming, D. (2005). Depth of field calculator. http://www.dofmaster.com/dofjs.html
4.
Sontag, S. (1981). Sobre Fotografia. Rio de Janeiro: Arbor.
5. Dubois, F. (1994). O ato fotográfico e outros ensaios. Campinas: Papirus.
6. Media Chance (2006). DOF machine. http://www.mediachance.com/dvdlab/dof/index.htm

Um comentário sobre “Profundidade de Campo

  1. ola meu nome é alan eu estou
    fazendo um trabalho de informatica que isto está
    na matéria então eu queria saber se vcs não tem algumas idéias sobre foco e profundidade de campo ficarei muito agradecido se vcs podesem me ajudar até +

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *